DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Biografia: Nate Dogg, o rei do G-Funk


Nathaniel Dwayne Hale, mais conhecido por seu nome artístico Nate Dogg, foi um repper, cantor e ator americano. Ele foi conhecido por sua participação no trio de rep 213 e sua carreira solo, colaborando com Dr. Dre, EminemWarren G, Tupac Shakur, Westside Connection, Snoop Doggy, 50 Cent, Ludacris, Xzibit e Shade Sheist em muitos projetos. Ele disponibilizou três álbuns solo, G-Funk Classics, Vol. 1 e 2 em 1998, Music & Me em 2001, e Nate Dogg em 2003. Ele é conhecido como um dos pioneiros do hip-hop da West Coast.


O início

Nathaniel Dwayne Hale nasceu em Clarksdale, Mississippi, no dia 19 de Agosto de 1969. Mudou-se para Long Beach, Califórnia, quando presenciou o divórcio de seus pais. Ele era amigo dos reppers Warren G, RBX, e Daz Dillinger, e primo de Butch Cassidy, Snoop Doggy e Lil ½ Dead. Começou a cantar na New Hope Trinity Batist Church, em Long Beach, e na Life Line Baptist Church, em Clarksdale, Mississippi, onde seu pai, Daniel Lee Hale, era pastor, e sua mãe, Ruth Holmes, liderava o coro. Aos 17 anos, ele abandonou o ensino médio em Long Beach e saiu de casa e se juntou à Marinha dos EUA, servindo por três anos. Ele era um especialista em munições.


Início da carreira com 213

Em 1990, Nate Dogg, Snoop Dogg e Warren G edificaram um trio de rep chamado 213. Eles gravaram sua primeira apresentação na parte de trás da famosa loja de discos V.I.P., em Long Beach. A demo foi ouvida mais tarde por Dr. Dre em uma festa na sua casa.


Carreira individual

Nate Dogg fez sua estreia musical no The Chronic, álbum de estreia do Dr. Dre. Ele foi bem recebido pelos fãs e críticos, e passaria a assinar com a Death Row Records em 1993. Nate Dogg também foi destaque no “Indo Smoke” de Mista Grimm com Warren G.

Em 1994 ele engendrou seu primeiro hit single “Regulate” com Warren G. Nate Dogg também foi destaque em algumas músicas de 2Pac, incluindo colaborações no álbum Thug Life: Volume 1.

Em 1998, depois de um momento conturbado dentro da Death Row Records, mesmo assim dropou outro álbum — cujo foi duplo, intitulado G-Funk Classics, Vol. 1 e 2 e foi seguido no final de 2001 por Music & Me, pela Elektra Records. Após vários atrasos e uma versão original disponibilizada em Abril de 2004, seu álbum auto-intitulado saiu pelo Affiliated Entertainment Group em 3 de Junho de 2008.

Em 2015, seu álbum de estúdio final Nate Dogg: It’s A Wonderful Life foi disponibilizado pela Seven Arts Music e pela United Media and Music Group. O álbum apresenta materiais inéditos de Nate, bem como aparições de Eminem, Dr. Dre, Snoop Dogg, Mary J. Blige e Jay-Z.


Colaborações com outros artistas

Nate Dogg encontrou sucesso, não só em projetos solo, mas em colaborações com outros artistas do hip-hop. Na década de 2000, os singles colaborativos de alto poder de Nate, de acordo com a Rolling Stone, incluem “All About U” com 2Pac, “The Next Episode” com Dr. Dre, “Gangsta Nation” com Westside Connection, “Oh No” com Mos Def, “Can’t Deny It” com Fabolous, “Area Codes” com Ludacris, “21 Questions” com 50 Cent, “Behind the Walls” com Kurupt, “Ooh Wee” com Mark Ronson, “I Like That” com Houston, “Till’ I Collapse”, “Never Enough” e “Shake That” com Eminem; “Have a Party”, com Mobb Deep, entre outras.


Problemas com as autoridades


No início da década de 1990, Nate Dogg foi preso e acusado de dois assaltos separados. Ele enfrentou uma pena de quase onze anos de prisão, mas foi posteriormente absolvido de ambas acusações.

Em 1996, foi condenado por uma infração relacionada a drogas pelo condado de Los Angeles.

Em 17 de Junho de 2000, Nate Dogg foi preso pelo suposto sequestro e assalto a sua ex-namorada e incendiar o carro de sua mãe em Lakewood. Ele foi preso pela SWAT em sua casa, em Pomona. Acusado de sequestro, violência doméstica, ameaças terroristas e incêndios criminosos. Ele passou uma noite na Twin Towers Correctional Facility, em Los Angeles, antes de ser liberado pagando uma fiança de US$1 milhão. Essas acusações foram mais tarde demitidas, mas ele enfrentou pena de prisão por uma nova acusação: posse ilegal de uma arma de fogo. Uma arma de fogo não identificada foi encontrada em sua casa durante a prisão de 17 de junho. Ele não sofreu nenhuma refutação à acusação contra delito e foi condenado a liberdade condicional de três anos e condenado a pagar uma multa de $1.000.

Em 12 de Abril de 2002, Nate Dogg foi preso pelos oficiais do Departamento de Segurança Pública do Arizona, enquanto viajava em um ônibus turístico. Ele foi acusado de ofensas, e também duas pistolas e quatro sacos de maconha foram encontrados. Nate Dogg foi contratado na prisão do condado de Mohave e posteriormente liberado, pagando $3.500 de fiança. As acusações de armas contra ele foram descartadas como troca de culpa por uma taxa de posse de drogas. Nate Dogg foi posteriormente condenado a liberdade condicional e serviço comunitário. Ele também foi convidado a participar de sessões de orientação em drogas em Maio de 2002.

Em 2006, Nate Dogg foi preso e acusado de infração agravada por delito, assédio por telefone, agressão física, dissuadindo uma testemunha de denunciar um crime e violação de uma ordem.

Ademais, Nate Dogg teve a convicção de dirigir sob a influência de drogas.


Problemas de saúde e morte


Ele havia sofrido o primeiro derrame no dia 19 de Dezembro de 2007; após ser vitima de um acidente de carro, em que ele ficou inconsciente. Ele foi liberado do hospital em 26 de Dezembro e foi internado em um centro de reabilitação médica para ajudá-lo na recuperação.

Em 18 de Janeiro de 2008, foi informado oficialmente que o acidente vascular cerebral havia deixado o lado esquerdo do corpo paralisado. Os médicos acreditavam que haveria uma recuperação completa, e sua voz não foi afetada.

Em 22 de Janeiro de 2008, Nate Dogg sofreu o segundo acidente vascular cerebral e ficou no hospital quase um mês.


Sepultalmento

Nate Dogg morreu em 15 de Março de 2011, em Long Beach, Califórnia, aos 41 anos de idade.

Em 17 de Março, seu advogado Mark Geragos corroborou que a causa da morte foi devido às complicações dos múltiplos derrames cerebrais.

Nate Dogg foi enterrado no dia 26 de Março de 2011, no Forest Lawn Memorial Park, localizado em Long Beach, Califórnia.




Manancial: Wikipedia

1 comentário: