DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Hoje no hip-hop: R.I.P. Tupac Shakur (16 de Junho de 1971 – 13 de Setembro de 1996)


1996: Em 13 de Setembro de 1996, 2Pac morreu tragicamente após ser baleado em um tiroteio em Las Vegas.

A carreira de 2Pac foi a história dos sonhos do hip-hop. O MC começou como um dançarino e se tornou uma das maiores estrelas dá história do hip-hop. Seu estilo de agir, sua honesta atitude de não dar a mínima e sua sincera entrega lírica, poética, o separou de seus contemporâneos gangsta reppers na época e ele logo jogou seu talento no mundo da atuação. Não é de admirar que as entrevistas de ’Pac e os shows ao vivo sejam tão emblemáticas. O repper sabia como se dirigir a uma audiência. Em seu breve momento mas histórico no rep, ’Pac dropou quatro álbuns e estrelou em oito filmes. Infelizmente, o sucesso não vem sem inimigos e 2Pac, juntamente com o repper de Nova York Notorious B.I.G., foi uma peça central da rivalidade West Coast vs. East Coast do final dos anos 90.

’Pac foi baleado em 7 de Setembro de 1996. Ele foi atingido em Las Vegas depois de frequentar a luta Mike Tyson-Bruce Seldon no MGM Grand Hotel and Casino. ’Pac estava no banco do passageiro de uma BMW sedan conduzida pelo CEO da Death Row Records, Suge Knight, quando um Cadillac branco parou no lado direito, abaixou uma janela e disparou rapidamente contra Shakur.

Por volta das 4:03 p.m., em 13 de Setembro, 2Pac foi declarado morto depois que seu corpo começou a hemorragia no sangue e os médicos não conseguiram parar o sangramento interno. Sua mãe, Afeni, ordenou que os médicos parassem depois que a perda de sangue se tornou muito severa e ’Pac logo foi declarado morto depois de viver sete dias em um coma medicamente induzido. A causa oficial da morte foi declarada após uma autópsia como insuficiência respiratória e parada cardiopulmonar em conexão com múltiplas feridas das balas. Após a autópsia, o corpo de 2Pac foi cremado no dia seguinte. Ele tinha 25 anos de idade.

2Pac era indiscutivelmente o repper mais venerado e célebre. A vida e a música dele tocaram a vida de milhões de fãs em todo o planeta. Devido a um dos mais exaustivos catálogos de música, Tupac vendeu mais de 75 milhões de discos em todo o mundo, tornando-se um dos músicos mais bem sucedidos comercialmente de todos os tempos. Sua discografia apresenta algumas das suas músicas mais épicas do hip-hop, incluindo “California Love”,“I Get Around”, “Hail Mary”, “Dear Mama”, “Keep Ya Head Up”, “All Eyez On Me”, “Thugz Mansion”, “Changes” e inúmeros outros.

R.I.P. para o único e mágico 2Pac.





Manancial: XXL Magazine

Sem comentários