DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

The Break Presentes: OMB Peezy


OMB Peezy tinha 12 anos quando gravou sua primeira música de rep, mas ele queria ser escritor desde pequeno. “Eu sempre soube que estava querendo escrever livros ou ser um repper”, ele disse a XXL. “Eu apenas tinha meu foco em escrever.” No mesmo ano, ele mudou de Mobile, Alabama para Sacramento, Califórnia, com sua mãe e seu irmão. Quando ele começou a fazer rep em Mobile, ele costumava manter isso para si mesmo, mas ele jogava um jogo com seu irmão e primo onde eles corriam para diferentes cantos da casa para escrever reps e depois voltar e ver quem era melhor.Peezy tinha uma voz aguda para um jovem, e até então, um de seus parceiros perguntou se ele ia continuar a fazer rep se ele soasse assim e se divertiu dele por morder Boosie. Mas ele continuou inabalável.

Ele é um fã do produtor Drum Dummie, de Harris County, Geórgia, e um dia, no final de 2016, ele estava procurando as batidas do produtor no YouTube quando ele descobriu o que se tornaria Lay Down. Ele colocou o refrão antes de compor os versos da música, publicou no YouTube e observou-a ganhando atenção, mas não fazia ideia de que era exatamente o mesmo ritmo que outra música vibrante — a Indicted, do repper de Cleveland, chamado Lil Cray, que dropou meses antes da faixa de Peezy. Depois de uma papelada, disse Peezy, a batida é oficialmente dele.

Desde então, sua carreira está decolando. Ele assinou com a E-40 após Sick Wid. O artista Nef The Pharaoh tocou sua música para 40 Water, e falou em um acordo com 300 Entertainment. Ele tem disponibilizado  novas músicas nos últimos meses, e ainda este ano, ele disponibilizará seu projeto oficial de estreia, Loyalty Over Love, com produção de Drum Dummie, Architekz, Ear Drummers, Helluva e muito mais. Ele também está planejando uma mixtape com Nef chamado 600 Degreez.

Mas, primeiro, ele está dando aos fãs um pequeno aperitivo com o EP Humble Beginnings produzido inteiramente por Cardo. O conjunto de seis músicas vai ser disponibilizado em Outubro e apresenta YoungBoy Never Breaked Again, SOB e Yhung T.O (RBE) como colaborações. Por enquanto, leia suas influências, seus objetivos e mais abaixo.

Nome:
OMB Peezy


Idade:
20


Cidade natal:
Mobile, Alabama.


Cresci ouvindo: C-Nile, The Last Mr. Bigg, Lil Boosie, Trill Fam.
Minha mãe costumava ouvir muito Coldplay, Kings of Leon, coisas assim no caminho para a escola. Eu também escutei muita música gospel. Muito Kirk Franklin.


Meu estilo foi comparado a: Lil Boosie, YoungBoy Never Broke Again. Alguém disse que soa como Fetty Wap em ‘Lay Down’. Algumas pessoas dizem que meu som lembra Lil Snupe.

A maioria das pessoas não sabem: Eu tenho 1,85 de altura. Eu não tenho 1,65. Eu não sou baixo.
As pessoas sempre me vêem e dizem: “Eu não sabia que você era tão alto.” Eu não sou pequeno. Eu sou alto e de pele escura. Sou o nigga que sua mãe lhe falou sobre quando você era um pequeno bebê.

Meu momento destacado até agora: Cada show é melhor do que o último.
Apenas atuando em geral.

Meu objetivo no hip-hop é: Eu quero mudar o hip-hop de volta ao hip-hop, não apenas um resmungão do rep. Eles não
estão falando da cultura. Eles não estão falando nada. Um videomker pode estar tentando editar seu vídeo e não saber o que fazer com o conceito, porque você não está falando da parada. Eles estão apenas movendo as câmeras várias vezes e apontando-as para o céu e colocando alguns efeitos sobre essa porra e seu vídeo acaba sendo feito em dois dias.

Estou tentando trazer de volta para que isso signifique algo.


Eu serei o próximo: Fenômeno.
Próxima superestrela. Próximo Mike Tyson... nah, porque eu não estou mordendo merda. Eu serei o próximo Muhammad Ali sem precisar bater na bunda dos adversários. Serei a próxima grande coisa.

Siga OMB Peezy no Twitter, Instagram e SoundCloud.


Manancial: XXL Magazine

Sem comentários