DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Throwback: Waka Flocka e Gucci Mane se desunem de uma forma nada legal


Em entrevista à MTV, Waka corroborou que ele e Gucci Mane deixarão de fazer música ou qualquer negócios juntos. Gucci e Waka trocaram farpas no Twitter, com Gucci escrevendo que Waka foi “oficialmente exonerado da 1017 Brick Squad” por ser “desleal” e Waka respondendo que Gucci deveria “SUCK A DICK” (chupar um pau). Um representante de Gucci rapidamente afirmou que o Twitter de Gucci foi hackeado, mas no palco de um show em Nova York, Waka acendeu as chamas da luta, revisando as letras de um verso convidado para “848” de Jim Jones e quebrando, Fuck that nigga Gucci/ Free my nigga Boosie/ I swear to God my life is like a fucking movie (Foda-se esse nigga Gucci/ Liberdade para o meu nigga Boosie/ Eu juro por Deus que minha vida é como um maldito filme).

“[Nós podemos nos envolver de uma maneira civilizada,] mas nunca mais haverá negócios na vida”, disse Waka à MTV. “Nem música, nada. Não vou fazer música com ele, não quero nenhum negócio com ele. Farei uma festa com você, mas não vou fazer nada com você. Porque eu não sinto veracidade em nada que sai da boca dele. Não é real.” Waka afirmou que nunca foi desleal com seu ex-parceiro, e que o tweet hostil de Gucci não foi surpresa após um confronto na vida real. “Eu sou a pessoa mais leal que você poderia ver... Nunca recuei para o canto. Na minha percepção, não pode ser nada além de ciúmes, porque eu nunca fiz algo desleal... O Twitter dele não foi hackeado, porque tivemos uma conversa antes disso. Ele é uma vibração ruim ao meu redor.” Finalmente, Waka contestou a afirmação de Gucci de que ele havia sido “expulso” da Brick Squad, a empresa que se junta com a Atlantic Records para distribuir as músicas de Waka, e Gucci. “Eu possuo uma porcentagem da 1017 Brick Squad, e 100% da Brick Squad Monopoly”, disse Waka. “Você não pode chutar o chefe para fora, isso é impossível.”



Manancial: The FADER

Sem comentários