DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Você tem noção do que a música pode causar?

[Este artigo foi publicado em Setembro de 1994 por Chicago Tribube]


Como em qualquer gênero musical, a música nos atinge com força, nos causam reflexões, muitas vezes nos fazem acordar para tais situações que se não fosse ela, talvez seria inviável consertar. Mas ela também tem lá seus malefícios, por isso todo cuidado é pouco na hora da absorção e na compreensão do ponto de vista que a música passa. 
— RiDuLe Killah


Milwaukee, EUA — Autoridades disseram que o assassinato de um policial através de um rifle de alto alcance ocorreu a partir de uma conspiração planejada por dois jovens de 17 anos, um dos quais disse ter obtido a idéia de uma música do gangsta repper Tupac Shakur.

A detenção dos dois foi anunciada após uma intensa investigação por detetives de homicídios. Um rifle de alta potência com visão telescópica foi recuperado em uma casa no bairro do lado norte onde o tiroteio ocorreu.

O oficial William Robertson foi gravemente ferido por uma bala disparada de um lote vazio, onde a polícia disse que um dos meninos esperou pouco depois da meia-noite de uma quarta-feira para praticarem o ato.

O outro menino, um fugitivo de um centro de detenção juvenil, atuou como vigia, sinalizando de uma cabine telefônica quando a van se aproximou, de acordo com relatos da polícia lidos no tribunal. O atirador disparou pouco depois que o veículo virou a esquina.

“Ele assistiu os dois policiais através do alcance do rifle e esperou até que a van virasse a esquina antes de disparar um tiro na mesma”, disse o advogado distrital adjunto. Jack Stick disse ao juiz do tribunal de crianças Russell Stamper.

O jovem que se disse ser o atirador tinha um registro criminal extensivo com cinco acusações de crime, incluindo prisões por posse de uma arma e drogas.

Ele havia sido encaminhado para o tribunal de adultos sobre essas acusações e estava sob fiança no momento do tiroteio.

“Ele disse aos oficiais que ele queria atirar em um policial porque ouviu uma gravação de rep por Tupac Shakur, e essa gravação de rep falou sobre matar policiais e ele pensou que seria algo que ele queria fazer”, disse Stick ao juiz.

Ele disse que os dois jovens se encontraram e discutiram a matança de policiais e membros de gangues rivais. “Um concordou em ser o atirador, e o outro o vigia”, disse Stick.

Recentemente, Tupac Shakur tinha cantado em Milwaukee, onde terminou em um tumulto quando insultou alguns membros da audiência e seu guarda-costas sacou uma arma no palco.





Shakur, de 22 anos, gravou uma música chamada “Soulja’s Story”, na qual ele rima sobre “eliminar o policial” após uma perseguição de carro. Mais recentemente, ele gravou um videoclipe, “Holler If You Hear Me”. Nela, um ataque armado é sugerido em um carro da polícia em que um jovem está sendo detido.

Como alguns outros gangsta reppers, Shakur teve vários problemas com a lei, incluindo uma em Atlanta, em 1993, em acusações de que ele atirou em policiais fora de serviço durante um transtorno de trânsito.

Em Junho de 1993, o soldado estadual do Texas, Bill Davidson, foi morto por Ronald Ray Howard. Howard, que disparou contra Davidson durante uma rotineira blitz de trânsito, identificou Tupac Shakur como um dos reppers a quem ele ouvia.






Manancial: RiDuLe Killah Chicago Tribune

Sem comentários