DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

KILLuminati e a conexão com Tupac


Makaveli the Don Killuminati: The 7 Day Theory foi o álbum final terminado antes da morte de Tupac Shakur e o primeiro a ser disponibilizado após sua morte. Tupac teve a entrada criativa completa no álbum, do nome à capa que ele escolheu para simbolizar como a mídia o crucificou. O álbum foi completamente terminado num total de sete dias (as letras foram escritas e gravadas em apenas três dias e a produção só levou mais quatro dias) durante o mês de Agosto de 1996 e estas estão entre as últimas músicas que ele gravou antes do tiroteio fatal que o matou em 7 de Setembro de 1996.

A Death Row dropou este álbum póstumo sob o nome de Makaveli, um pseudônimo derivado do político italiano Niccolo Machiavelli, que supostamente fingiu sua própria morte e reapareceu sete dias depois para se vingar de seus inimigos. Shakur foi muito inspirado pelas obras de Maquiavel, incluindo o livro The Prince, que ele havia lido enquanto estava na prisão.

Don. A próxima parte do título significa, simplesmente, em termos italianos, o líder ou chefe de uma organização.

Killuminati, como você pode ver, Tupac decidiu anexar a palavra Kill, ou a letra K a Illuminati. Em sumo, acredita-se que os Illuminati estão infiltrando instituições políticas, econômicas, educacionais e religiosas em um esforço para iniciar planos de uma ditadura mundial.

Conexão de Tupac:

Tupac obviamente acreditava nisso e assumiu sua posição contra eles, assim como Martin Luther King, ambos morreram por fazer isso. Será coincidência, ou os Illuminati realmente dominam o mundo? Se juntarmos todos os significados juntos em inglês, vemos isso: O significado do título do álbum de Tupac é, “Tupac: The Leader of Killers of the Illuminati”. 

Então isso significa claramente que Tupac pensou em si mesmo como o líder do ritual Killuminati, contra o domínio branco, não racista, mas para dar a todas as pessoas uma facada justa na vida e não ser cegado pelo que os Illuminati, ditadores e governantes nos dizem.

Para Tupac e seus seguidores, Killuminati representou uma mudança revolucionária global. Uma consciência espiritual, uma mudança mental e uma mudança no destino das pessoas africanas. Eles acreditavam nos Illuminati e que todas as pessoas não-brancas estavam sendo impedidas por essa força. Killuminati inicia mudanças na mente, no corpo e no espírito dos africanos, ao estar consciente do inimigo, os Illuminati. Eles acreditam que os Illuminati são o mesmo grupo de elite que trouxe os negros para a escravidão, as mesmas pessoas pensadas por muitos a administrar o mundo hoje, com os mesmos valores e objetivos. Desde então, eles mudaram apenas de rosto e melhoraram seus métodos de exploração. Killuminati foi criado para acabar com as atitudes desinteressantes e regressivas do povo africano em todo o mundo. E que esta atitude decorre dos piores crimes da invasão imperial/colonial do mundo livre na história mundial e do tráfico de escravos africanos. Killuminati deve encerrar esse ciclo de exploração e opressão. Tupac queria que seu povo emergisse e colocasse o foco mais alto na educação formal, no treinamento especializado e no cultivo político, cultural e espiritual.

Malcolm X, Martin Luther King, JFK, John Lennon, Tupac Shakur. O assassinato de Tupac em 1996 foi facilmente explicado pela mídia como um subproduto da rivalidade Costa Leste/Costa Oeste. Mas, desde sua morte, aqueles que seguiram a carreira de Tupac com muita paixão aprenderam que não era esse o caso. Sua vida era cheia de controvérsia, e é assaz apropriado que sua morte seja tão controversa. Como os nomes antes mencionados, sua influência e seguimento foram muito fortes — e foi por essa razão que ele era uma ameaça para a elite governante. Acredita-se que Tupac primeiro aprendeu sobre os Illuminati enquanto estava na prisão. Em seus últimos anos, Tupac tornou-se cada vez mais interessado no assunto. E, claro, os Illuminati ficaram cada vez mais interessados ​​no Sr. Shakur. De fato, suas letras começaram a mencionar os Illuminati, e em muitos álbuns tentaram expor aqueles que o observavam. Nascido de uma Black Panther praticamente em uma prisão, a voz ousada e dissidente de Tupac eventualmente o levaria a um destino idêntico aos revolucionários citados no início deste parágrafo.

Killuminati:

Killuminati é mudança global revolucionária. Uma consciência espiritual, uma mudança mental, uma mudança física e uma mudança no destino das pessoas africanas. Eles acreditam nos Illuminati e que todas as pessoas não-brancas estão sendo impedidas de subirem na vida. Portanto, não houve presidentes negros nos países mais ricos do mundo, etc. Killuminati inicia mudanças na mente, corpo e espírito dos africanos, enquanto conscientes de o inimigo, o Illuminati. Um site afirma que “Os Illuminatis são o mesmo grupo de elitistas que trouxeram pessoas negras à escravidão. Killuminati é um caminho para a Traditional Spiritual Communal Overstanding. Killuminati está aqui para acabar com as atitudes regressivas despreocupadas das pessoas africanas em todo o mundo. Essa atitude decorre dos piores crimes da história mundial, das invasões imperiais/coloniais do mundo livre e do tráfico de escravos africanos. Killuminati espera acabar com esse ciclo de opressão e exploração. O tráfico de escravos e a escravidão dos africanos lançaram um problema não resolvido nos africanos. Devemos surgir e colocar o foco mais elevado na educação formal, no treinamento especializado e no cultivo político, cultural e espiritual.”



Manancial: 2Paclegacy.net

Sem comentários