DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Policial aposentado disse que ajudou 2Pac a forjar sua morte


Um policial aposentado insinuou que Tupac ainda pode estar vivo.

David Myers afirma que recebeu $1,5 milhões para ajudar a estrela a forjar sua própria morte.

Tupac Shakur morreu após ter sido baleado em um tiroteio em 1996 quando ele tinha apenas 25 anos.

Mas Myers diz que agora quer que o mundo conheça a verdade e de seu leito de morte. “O mundo precisa saber o que fiz”, ele disse. “Tenho vergonha de deixar um preço ser colocado na minha palavra e não posso morrer sem deixar o mundo saber.”

Ele afirma que Suge Knight desempenhou um papel importante para ajudar nesse acontecimento.

Mais de 30 pessoas foram pagas para ajudar a falsificar sua morte — incluindo policiais, médicos e várias testemunhas.

Myers ainda afirma que 2Pac pagou $50.000 por um outro corpo para ser levado ao necrotério. Não é a primeira vez que tem teorias de que ele pode estar vivo.

Em 7 de Setembro de 1996, Shakur foi baleado várias vezes em um tiroteio no cruzamento da East Flamingo Road e Koval Lane em Las Vegas, Nevada.

Ele estava na partida de boxe Mike Tyson versus Bruce Sheldon e se envolveu em uma briga com o membro da gangue South Side Crips, Orlando “Baby Lane” Anderson.

Pouco tempo depois, enquanto viajava para o Club 662, um Cadillac branco parou ao lado de Shakur enquanto ele estava de pé com a cabeça fora do teto solar e ocupantes desconhecidos atiraram nele, atingindo no peito, pelve, mão direita, coxa e pulmão.



Manancial: Mirror Online

Sem comentários