DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Prodigy: problemas com a lei e rivalidades


Problemas com a lei

Em 6 de Novembro de 2003, Prodigy foi preso em Cohoes, Nova York acusado por porte ilegal de terceiro grau de uma arma e posse ilegal de maconha.
A polícia achou uma arma calibre .25 e maconha com ele.

Em 26 de Outubro de 2006, Prodigy foi preso em Nova York novamente, acusado de porte ilegal de uma arma.
Ele estava em uma SUV à prova de bala personalizada no valor de $120.000 depois de andar na contramão às 2:15 da manhã. Depois de realizar uma varredura no veículo, a polícia achou uma arma de calibre .22.

Em 8 de Outubro de 2007, Prodigy foi sentenciado a cumprir três anos e meio de prisão por porte ilegal de uma arma de fogo.
Originalmente enfrentando uma sentença obrigatória de 15 anos de prisão, Prodigy assumiu a acusação em troca para ter uma sentença menor.

Em 7 de Março de 2011, Prodigy saiu da prisão de Mid-State Correctional Facility em Nova York depois de ter servido 3 anos por porte ilegal de uma arma.
Ele teve 6 meses cumprindo sua sentença original por bom comportamento e permaneceu em liberdade condicional até 2014.


Desavenças


West Coast


De 1995 a 1997, a rivalidade do hip hop da West Coast-East Coast, com base na mídia, estava ocorrendo.
Esta
tretacomeçou quando Tha Dogg Pound dropou a música  “New York, NewYork, à qual o Mobb Deep se sentiram ofendidos, uma vez que, além das letras, o videoclipe da música retratava edifícios de Nova York sendo pisoteados por membros da Dogg Pound. Em resposta, Mobb Deep se juntaram com Capone-N-Noreaga e Tragedy Khadafi em L.A., L.A..

2Pac também disparou rimas abruptas ao Mobb Deep e The Notorious B.I.G. em
Hit ’Em Up, onde, numa parte da música, fez uma observação irrefutável à doença de Prodigy, por ter anemia falciforme. Mobb Deep respondeu em uma faixa chamada Drop A Gem On ’Em, que saiu como single depois que 2Pac foi assassinado, embora a música tenha sido gravada antes de sua morte.2Pac também abusou do dom e atacou Mobb Deep na música Against All Odds, disponibilizada após sua morte. Mas Prodigy mais tarde sampleou a voz de 2Pac de um freestyle na música Return of the Mac (a.k.a. New York Shit) em seu álbum de mesmo nome.


Def Squad


Na faixa do álbum The Infamous,
The Infamous Prelude, Prodigy fez observações sobre os reppers que falam sobre fumar maconha e “coisa espacial. Def Squad se ofendeu, mas o lance foi resolvido quando Prodigy e Keith Murray se encontraram em uma filmagem. A briga foi reavivada quando Prodigy referenciou novamente a “coisa espacial" em sua aparição no I Shot Ya de LL Cool J, que também contou com Murray. Prodigy novamente voltou a atacar Murray na música In the Long Run”, que integra o álbum Hell on Earth. Murray respondeu o Mobb Deep com a música Call My Name”, que integra o álbum Enigma. A desavença parecia estar morta até que Prodigy resolveu atacar Murray novamente em sua música de 2004, Bad Blood. Murray respondeu com inúmeras músicas desde então.


Saigon


Durante uma entrevista, Prodigy afirmou que não gostava de Saigon, Tru-Life (e de muitos outros reppers).
Na noite de 19 de Setembro de 2007, depois de uma performance improvisada de Saigon durante um show Mobb Deep, as palavras foram trocadas entre Saigon e Prodigy. Isso intensificou e resultou em agressão física quando Saigon tocou Prodigy duas vezes antes de [Saigon] sair do clube. Duas versões de vídeo dos eventos se emergiram. Uma versão, em imagens em câmera lenta, mostrava Saigon escondido debaixo de uma mesa. A outra mostrou Saigon fugindo do clube. A disputa, no entanto, aparentemente tinha morrido, uma vez que (em uma entrevista dois meses antes de Prodigy sair da prisão) Saigon expressou sua felicidade ao saber que Prodigy estava voltando para casa.


Crooked I


Na prisão, Prodigy escreveu uma carta sobre sua desilusão com o hip hop e reppers.
Ele se referiu diretamente ao nome de Crooked I no discurso, comentando:

Vibe disse que 920 mil pessoas votaram por isso. Eu, pessoalmente, teria acabado com todos os 920.000 desses eleitores, se eu tivesse oportunidade. Quem escolheu Crooked I, Flo Rida e Rich Boy nessa porra? Como a Vibe aprovou isso?


Crooked I já respondeu em uma entrada de blog, desafiando Prodigy para um mano-a-mano após o repper deixar a prisão.


Havoc

Em Julho de 2012, o parceiro musical de Prodigy, Havoc, escreveu uma série de comentários depreciativos sobre Prodigy no Twitter, incluindo acusações sobre Prodigy se envolver em relações homossexuais na prisão. No início, Havoc afirmou que sua conta no Twitter foi hackeada. No entanto, ele corroborou mais tarde que foi ele mesmo quem escreveu os tweets e expressou suas frustrações com Prodigy em uma entrevista para o AllHipHop. Ele afirmou concisamente que o Mobb Deep estava em um “hiato indefinido” até que a dupla encontrasse seu caminho. Havoc mais tarde gravou um single inédito atacando Prodigy, intitulado “Separated (Real from the Fake)”. Prodigy não respondeu e até declarou publicamente que o Mobb Deep iria se reconciliar. Em Março de 2013, a dupla anunciou que estavam de volta e anunciaram turnê.



Manancial: Wikipedia

Sem comentários