DESTAQUE

COMERCIANTES DO CAOS – PARTE UM

Rivalidades: Three 6 Mafia x Bone Thugs-n-Harmony


Durante a gravação e criação de seu álbum Mystic Stylez, Three 6 Mafia teve uma breve uma rivalidade com Bone Thugs-n-Harmony. Three 6 Mafia acusou Bone Thugs-n-Harmony de copiar seu estilo e os desafiou com a música “Live By Yo Rep (B.O.N.E. Dis)”. Juicy J falou sobre a rivalidade anos depois que o álbum foi lançado dizendo, “Cara, quando nós fizemos isso, nós éramos jovens e estúpidos — sendo sincero. Nós éramos jovens e estúpidos. Apenas um idiota . . . Não era uma rixa, cara. Nós estamos tranquilos com eles, eles são boas pessoas, apenas alguma merda estúpida no passado, cara, eles são bons caras. Nós fizemos algumas músicas com um deles, Krayzie Bone . . . alguma coisa no final dos anos 90, algo no álbum de Project Pat.”

Membro da Three 6 Mafia, DJ Paul falou sobre a rivalidade dizendo: “Não foi uma verdadeira rixa”, diz DJ Paul. “Foi mais um mal-entendido porque estávamos fazendo rep sobre o triplo seis, coisas do diabo e a torção da língua em batidas lentas. Nós tínhamos feito isso desde 1989 e, de repente, quando o Bone saiu — eu acho que foi em 1993 . . . Nós não conhecíamos o álbum Faces Of Death porque era o material underground deles. Assim como eles provavelmente não sabiam o nosso material underground. Quando eles saíram com “Thuggish Ruggish Bone” e todas essas coisas e ouvimos alguém do mesmo estilo: Faces Of Death, redrum, assassinato, 6-6-6, torcer a língua. Nós ficamos tipo, ‘Droga, esses caras roubaram nosso estilo!’ [Risos] É por isso que ficamos bravos com isso. Nós nos encontramos um ao outro algumas vezes e houve um empurrão ou algo assim. Mas nunca houve briga ou nada disso.” DJ Paul continuou, “Depois de um tempo ficamos no nosso canto”, ele diz. “Nossa primeira música foi com Krayzie Bone no álbum Ghetty Green do Project Pat, talvez em 1997 [ou] 1998 ou algo parecido. Estamos bem desde então. Nós fizemos alguns shows juntos. Eles eram divertidos á beça. Nós tivemos uma explosão com o Bone. ”





Manancial: Wikipedia

Sem comentários